Escritora  Helena  Borges

Textos


NOITE ETERNA


A vista escureceu...
Todo amor, da noite para o dia, se perdeu
As perguntas se perderam em breu;

Um sorriso enlutou..
E o sol, em eclipse se transformou
O coração, decepcionado...uma noite eterna, chorou;

Uma chuva ácida caiu...
Minha tristeza, todas as pontes atravessou...
E toda minha esperança devastou;

O jardim do amor, antes florido,
Um cemitério abandonado, virou...
Todas as pétalas ficaram negras
E solidárias, choraram minha dor;

Nem mais um te amo...
Nem boa noite, nem bom dia.
No celular...restou;

A felicidade sonhada amargou
E minha mão, que tanto acarinhou,
Tão sem forças e abatida...
Em lápide...se perpetuou.
HELENA BORGES
Enviado por HELENA BORGES em 16/05/2017
Alterado em 16/05/2017

Música: Drive - The Cars

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras