Escritora  Helena  Borges

Textos


CARENTE



Hoje andei sozinha no parque...
E você não estava ao meu lado,
Nem parecia verdade;


Sem ouvir suas sábias palavras...
O silêncio gritava dentro do meu coração
Implorando, volte...preciso dessa emoção!


E caminhei...
Cabeça baixa, olhos em prantos...
Fim da linha do trem, fim de um sonho;


Sua imagem na retina,
Seu olhar deram outro sentido...
Para meus dias;


E agora, é tão difícil conviver com sua partida...
Me sinto tão desprotegida...
De novo, uma menina;


Necessidade louca de ouvir
Seu te amo...
Suas palavras...um doce canto;


Carente de seus carinhos...
Que fizeram nascer um jardim em meu coração
Há tanto tempo em luto, abatido;


Mas, as ondas do Atlântico o levaram,
Pra tão longe de mim e hoje percebi...
Morreram todas rosas vermelhas do meu jardim.








 
HELENA BORGES
Enviado por HELENA BORGES em 04/02/2016
Alterado em 05/02/2016

Música: Drive - The Cars

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras