Escritora  Helena  Borges

Textos


HORIZONTE



Até aqui, fora uma longa caminhada...
Descobrindo saídas onde não havia estrada
Decisões à beira do abismo,
Vivências em meio a incertezas e perigo;


Quase me afoguei com ondas gigantes...
Atravessei tantas e tantas pontes...
Mesmo sem forças,
Acreditava enxergar um horizonte;



Escutei palavras...
Que trituraram ainda mais minha solidão
Mas, das cinzas, juntei cada emoção...
E   bateu  novamente meu coração;


Foram caminhadas em noites obscuras,
Mas o tempo me guiava após nova curva...
E o sol,  mesmo  tímido,
Brilhava após a chuva;


Me acompanhava uma esperança
Antiga, menina,
E a cada lágrima, sábia, ainda me ensina...
Que absolutamente nada, é tarde demais na vida.

Porque os caminhos, se reencontram...
Em algum amanhecer,
Onde nascem...
E  sobrevivem, todos os sonhos.
HELENA BORGES
Enviado por HELENA BORGES em 22/07/2015
Alterado em 07/10/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras