Escritora  Helena  Borges

Textos


COR DA  EMOÇÃO


E porque não está aqui,
A solidão faz morada em mim
E nem as fotos mais alegres me sorri,



A madrugada é uma eternidade...
Morreu
aquela paixão...efêmera felicidade,
Só restaram lembranças e saudades...


O inverno é eterno,
No meu coração, um vasto deserto...
A esperança nem chega mais perto;


Até as estrelas foram solidárias,
Com uma história que não deu em nada.
Aquela emoção virou areia...


Cantos de sereia,
As ondas do mar levaram minhas lágrimas...
Em uma noite distante, de Lua cheia.

E, de alguma maneira, não me sinto inteira
Como uma pintura sombria...
Falta...aquele colorido, que só a o amor dá pra vida.
HELENA BORGES
Enviado por HELENA BORGES em 21/07/2015
Alterado em 07/10/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras