Escritora  Helena  Borges

Textos


ENIGMAS DO AMOR


Nessa madrugada,
Todas musicas que ouvi me lembraram você...
Continuo perdida em meio a tantos porquês...
Sem saber o que pensar ou dizer;

Queria não falar nem explicar nada...
Apenas caminhar lado a lado, de mãos dadas
E por você,
Me sentir amada;


Em uma manhã qualquer, ensolarada...
Descalça na praia...
Caminhar em paz...
Solidão, nunca mais;


As tristezas, esquecidas...
Na estrada do passado
Me entregar a esse amor
Tão surpreendente, inesperado;


Não há diferenças quando o
Sentimento toma conta...
A felicidade incondicional
Habita o coração de quem ama;



Desejo de amanhecer em seus braços
Em mil e uma noites...
Todos enigmas serão decifrados...
O destino, nos aproxima passo a passo.



 
HELENA BORGES
Enviado por HELENA BORGES em 03/04/2015
Alterado em 07/10/2015
Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras