Escritora  Helena  Borges

Textos




SONHO DE AMOR


Os sonhos ,
Como gaivotas, voaram...
Atravessaram oceanos,
E nas mudanças da Lua,  se  desencontraram;




O gosto de fel engoliu
Noites de solidão...
Quando em cada minuto queimou
O fogo da paixão;




Um furacão fez uma revolução
A paixão, mudou de  estação...
Quando a esperança me deu as mãos,
E me ignorou na multidão;



Assisti você se distanciar...
A sombra do entardecer,
Meu sorriso apagar...
E o vazio tomar conta do olhar;


Os ponteiros do relógio,
Foram em direções opostas...
Acreditar no amor,
É sempre uma perigosa aposta;


O tempo, mestre...
Sempre dono da razão.
Mais cedo ou mais tarde,
Mostra uma nova direção.



 
HELENA BORGES
Enviado por HELENA BORGES em 25/08/2014
Alterado em 07/02/2015
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras