Escritora  Helena  Borges

Textos


EXISTIR


Quando a chuva não mais molhar
Se o sol não mais brilhar
E os sonhos o sono não habitar;


Quando as flores não desabrochar
E o amanhecer não mais despertar
As estrelas pararem de brilhar;

Quando meu piano, mudo ficar
E o mar adocicar
E as gaivotas pararem de migrar;


Quando a primavera não retornar
E a esperança em meu coração não morar
E a uva em vinho não se transformar;


E a bailarina não mais dançar
O recém nascido não chorar
E a música não tocar;


E se o silêncio de vez se calar
Quando seus lábios não mais encontrar
E a Lua um eclipse se tornar;


E seu sorriso não mais sorrir
E se você não estiver perto de mim
Meu amor então...
Deixará de existir;
HELENA BORGES
Enviado por HELENA BORGES em 15/08/2014
Alterado em 07/02/2015
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras